Automóveis já circulam nos 2 sentidos da R. de Camões

Entrou hoje em vigor o duplo sentido de circulação automóvel na Rua de Camões. Ainda nas primeiras 24 horas de adoção da medida conclui-se que a cidade se preparou devidamente para este novo esquema de trânsito.


As alterações foram amplamente difundidas através dos canais institucionais do Município, da comunicação social e ainda reforçadas junto de moradores e comerciantes da Rua de Camões, a quem foram dados todos os esclarecimentos sobre o novo esquema de trânsito, adotado a partir desta quarta-feira.

Por esse motivo, também, os automobilistas responderam com tranquilidade à mudança, que confere agora àquela artéria um acesso privilegiado de saída do centro do Porto, mantendo-se ainda como "porta de entrada" para a Baixa.

A via no sentido ascendente fica acessível depois do viaduto de Gonçalo Cristóvão e destina-se, preferencialmente, aos condutores que pretendam dirigir-se à zona do Amial ou da Boavista, pela Constituição.

Por outro lado, a Câmara do Porto procura induzir o trajeto da Rua de Faria Guimarães a quem tenha como destino a Via de Cintura Interna (VCI) ou as zonas Marquês, Costa Cabral ou Antas. Se este modelo for interiorizado, estima que a redução de tráfego em Faria Guimarães atinja os 30%.

A obra de requalificação estendeu-se ainda à Rua de Damião de Góis, onde também agora se circula nos dois sentidos, entre São Brás e Antero de Quental.

O novo esquema de trânsito conduziu ainda a alguns ajustes nos percursos da STCP, incluindo a relocalização de paragens. "As linhas 703, 304, 600 e 4M da STCP vão ser alvo de algumas mudanças, no seguimento das intervenções de beneficiação na via pública e na alteração de sentidos de trânsito em algumas artérias da cidade do Porto", referiu a operadora de transportes pública em comunicado.

Por exemplo, algumas paragens da Linha 703 (Cordoaria-Sonhos), entre a Trindade e o Marquês, são transferidas da Rua de Faria de Guimarães para a Rua de Camões "permitindo, por exemplo, uma maior facilidade no acesso ao Hospital de Santa Maria".

Já a partir da próxima terça-feira, dia 3 de dezembro, "a Rua Antero de Quental passa a ter um corredor exclusivo BUS, com cerca de 400 metros, no sentido ascendente", entre a Lapa e Damião de Góis e, com esta alteração de circulação, "as linhas 304, 600 e 4M irão verificar um melhor escoamento", acrescenta a STCP.

Reforço dos ecopontos em Camões

No âmbito desta empreitada, gerida pela empresa municipal GO Porto, também a empresa municipal Porto Ambiente aproveitou para reforçar os ecopontos na Rua de Camões e proceder à relocalização dos contentores.