O CityLoops é um projeto liderado pelo ICLEI - Local Governments for Sustainability, financiado no âmbito do Horizonte2020, que se baseia na colaboração entre um conjunto de parceiros para a implementação de ações destinadas a aumentar a circularidade na utilização de materiais, com foco nos resíduos de construção e demolição e na matéria orgânica.


No âmbito do CityLoops, sete cidades europeias piloto, nas quais se inclui o Porto, irão desenvolver uma série de ações de demonstração e atividades com o objetivo de tornar os resíduos de construção e demolição (RCD) e os resíduos orgânicos em materiais circulares.


As fases do Projeto consistem na preparação, demonstração e replicação das estratégias a desenhar por cada cidade piloto, e com o desenvolvimento e teste de ferramentas e processos inovadores nas temáticas estudadas.


No caso do Porto, a participação no CityLoops tem como tema os resíduos orgânicos, nomeadamente a prevenção da sua produção e a promoção da recolha seletiva no setor residencial, no setor do turismo e em instituições de cariz social.


Uma das atividades a desenvolver no Porto consistirá na instalação de contentores para deposição de orgânicos na via pública, de forma a disponibilizar a recolha deste fluxo em áreas com prédios. Os contentores da via pública estarão dotados de um sistema de controlo de acesso - apenas poderá ser utilizado por quem tenha sido integrado no projeto - de forma a promover a qualidade do resíduo recolhido. Todas as habitações abordadas numa futura Campanha de Comunicação e Sensibilização, para divulgar e informar sobre a separação de resíduos orgânicos, receberão um contentor de pequenas dimensões para uso individual e um cartão de acesso aos contentores instalados na via pública.


O projeto, com a duração de 4 anos, arrancou oficialmente em outubro de 2019, tendo já sido delineadas as linhas orientadoras para a estratégia a desenvolver.