Maior competição mundial de ideias para tecnologias verdes recebe candidaturas
Estão abertas as candidaturas para a maior competição cleantech do mundo, onde os finalistas vão receber um prémio de 17 000 euros. A UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e a LIPOR - Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto promovem, em Portugal, o programa que apoia ideias que reduzam o impacto negativo no ambiente. 

Ao ClimateLaunchpad podem concorrer ideias de negócio cleantech relacionadas com energias renováveis, eficiência energética, agricultura, água, transportes, tecnologia industrial entre outras. Já se candidataram à iniciativa mais de 2500 ideias e 111 startups receberam investimento externo que ultrapassou os 15 milhões de euros. Em 2018, competiram mais de 1000 equipas de 49 países e o projeto português eCO2blocks foi o vencedor da final internacional.

A solução, desenvolvida pela eCO2blocks, pretende criar blocos para a construção civil com resíduos industriais, dióxido de carbono e água não potável. A ideia foi distinguida com o galardão "Sustainable Production Systems" no valor de 5000 euros e foi a grande vencedora do ClimateLaunchpad, o que lhe valeu a entrada direta para o programa de aceleração do Climate KIC e um prémio monetário de 10 000 euros.

Os projetos selecionados para o programa vão receber apoio na gestão e validação da ideia de negócio, preparação para o pitch e acesso à rede internacional de contactos do ClimateLaunchpad. A participação garante, ainda, a oportunidade de frequentar um bootcamp de dois dias com um formador certificado, sessões de mentoria e a apresentação do negócio a um painel de especialistas nacionais e internacionais.

O vencedor da competição vai receber 10 000 euros; já o segundo e terceiro lugares vão ter um prémio de 5000 e 2500 euros, respetivamente.

As candidaturas para as ideias portuguesas estão abertas até ao dia 26 de maio e podem ser feitas no site da iniciativa